ūüõĎAlerta: Vereador Cl√©cio Alves pede vista do projeto que altera c√≥digo tribut√°rio e contribuinte corre risco de continuar pagando IPTU mais caro no proximo ano se mat√©ria n√£o for aprovada em 2022.



O vereador Clecio Alves pediu vista do projeto de lei complementar que altera o código tributário. O projeto estava na pauta e seria votado em sessão plenária, porém o vereador pediu vista e impediu a votação.


A popula√ß√£o ficou apreensiva com a√ß√£o do Parlamentar que pode atrapalhar a vota√ß√£o do projeto que busca corrigir a Lei atual que aumentou de forma abusiva o IPTU em 2022. 


De acordo com as normas da casa, se o vereador Clécio Alves ou algum vereador apresentar mais alguma emenda, o projeto volta para CCJ e de acordo com o rito tendo risco de não ser votado esse ano e o cidadão pagar em 2023 o IPTU abusivo de 2022, que foi e até 45% de aumento mais o valor da infração.


O pedido de vistas do Vereador Clécio Alves gerou insatisfação dos demais vereadores que de forma unanime iriam votar pelas mudanças.


O vereador Cl√©cio Alves alegou que tem que conhecer melhor o projeto, sendo que est√° em tramita√ß√£o meses na C√Ęmara Municipal. O vereador afirmou que vai devolver o projeto na quinta-feira (29), para ser votado.


O vereador Paulo Magalhães ironicamente criticou e questionou a ação do vereador: "O senhor saiu pra comprar uva não foi? Por isso não conhece as emendas", em seguida, em forma de deboche o vereador Clécio respondeu: O líder mandou (Anselmo Pereira), sai daí e vai comprar uva para o natal, aí eu não participei, aí agora eu tenho que entender o negócio".


Na Internet os cidad√£o que acompanharam a sess√£o se revoltaram com o que disseram ser uma falta de respeito com o contribuinte, a chacota feita pelo vereador em meio a um projeto de extrema import√Ęncia que pode penalizar o contribuinte por mais um ano.

Coment√°rios