ūüõĎ Central de Fiscaliza√ß√£o COVID-19 estoura duas festas na madrugada deste domingo



A Central de Fiscaliza√ß√£o COVID-19, composta por Agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM), Auditores Fiscais da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habita√ß√£o (SEPLANH), da Ag√™ncia Municipal do Meio Ambiente (AMMA) e da Vigil√Ęncia Sanit√°ria (VISA), deram fim a duas festas clandestinas, com som automotivo, que estavam sendo realizadas no munic√≠pio de Goi√Ęnia.


As ocorr√™ncias se deram a partir de den√ļncias encaminhadas atrav√©s do aplicativo “Prefeitura 24 Horas”, telefone 153 da GCM e 161 da AMMA. Nos locais foram encontradas pessoas em situa√ß√£o de aglomera√ß√£o, usando drogas, descumprindo todas as medidas de distanciamento e preven√ß√£o ao COVID-19.


O Auditor Fiscal, Andr√© Barros, esclarece que “aproximadamente 100 (cem) pessoas foram abordadas, sendo lavrados 06 (seis) autos de infra√ß√£o pelos Auditores Fiscais de Posturas e Sa√ļde P√ļblica. Dois organizadores foram conduzidos √† Central Geral de Flagrantes de Goi√Ęnia, para lavratura de TCO.”


O Superintendente de Ordem P√ļblica da SEPLANH, senhor Hector Azevedo, afirma que “estamos enfrentando momentos dif√≠ceis, onde n√£o √© poss√≠vel vacilar. Pessoas irrespons√°veis est√£o se reunindo e colocando a vida de todos em perigo. O Prefeito Rog√©rio Cruz, preocupado com a situa√ß√£o, determinou toler√Ęncia zero para esse tipo de eventos. N√£o vamos parar, enquanto estiver um inconsequente promovendo esse tipo de festas, estaremos nas ruas coibindo essa atitude”.


Diego Moura, Diretor de Fiscaliza√ß√£o da AMMA, esclarece que as equipes da Ag√™ncia est√£o nas ruas 24 horas por dia, acompanhando todas as den√ļncias de polui√ß√£o sonora e aglomera√ß√£o. “N√£o ser√° tolerado nenhum tipo de afronta √† legisla√ß√£o e principalmente ao sossego e sa√ļde dos goianienses.”

Coment√°rios